Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

União Europeia amplia criticas aos padrões e os métodos sanitários brasileiros. Presidente da BRF, Pedro Parente, reage a postura da União europeia.

A União Europeia amplia criticas aos padrões e os métodos sanitários brasileiros.

Desde a Operação Carne Fraca, da Polícia Federal, deflagrada em março do ano passado e com outros dois desdobramentos desde então, a qualidade da carne brasileira e a relevância dos sistemas de fiscalização tem sido colocados em cheque.

No Brasil, o presidente da BRF, Pedro Parente, reage a postura da União europeia.

A União Europeia lançou comunicado levantando dúvidas sobre a qualidade de manejo e controle sanitário das carnes no Brasil. Esse panorama levou o país e associações de empresas frigoríficas a entrarem na justiça europeia para tentar reverter essa decisão.

Para Pedro Parente, presidente da BRF, além de aguardar uma decisão judicial, as empresas brasileiras tem que fazer a sua parte para elevar seus padrões de controle e qualidade. Ele disse ‘Temos que fazer o nosso papel que é não dar qualquer margem para reclamações de qualidade da nossa produção.

Para Pedro Parente é preciso fazer isso independentemente de ser uma demanda europeia, russa ou chinesa.

O Presidente da BRF entende que todas as atenções estão voltadas para atender essa demanda e defender os interesses do agronegócio brasileiro no exterior. Então, essa representação maior do empresariado e também do governo vão ajudar para que esse processo ande mais rápido”



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3361-3110
(49) 3361-3120