Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta sexta-feira (31) as candidaturas de Geraldo Alckmim (PSDB) e de José Maria Eymael (Democracia Cristã) à Presidência da República

Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta sexta-feira (31) as candidaturas de Geraldo Alckmim (PSDB) e de José Maria Eymael (Democracia Cristã) à Presidência da República, bem como os candidatos a vice – Ana Amélia (PP) na chapa de Alckmin e Hélvio Costa (DC), na de Eymael.

Em outras sessões, o tribunal já aprovou as candidaturas de Alvaro Dias (Pode), Ciro Gomes (PDT), Henrique Meirelles (MDB), João Goulart Filho (PPL), Cabo Daciolo (Patriota), Guilherme Boulos (PSOL), João Amoêdo (Novo), Marina Silva (Rede) e Vera Lúcia (PSTU).

A candidatura de Alckmin foi contestada pela coligação de Henrique Meirelles, que alegou que nem todos os partidos que compõem a coligação do tucano explicitaram nas convenções a aliança com as demais siglas da chapa.

O objetivo era derrubar a candidatura ou, ao menos, retirar da coligação 6 partidos que apoiam Alckmin, o que reduziria seu tempo de propaganda no rádio e na TV.

Por unanimidade, porém, os sete ministros do TSE rejeitaram os pedidos. O Ministério Público já havia se manifestado pela aprovação da candidatura e da chapa, ao constatar que os partidos haviam concordado em formar a coligação, ainda que de forma genérica.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3323-5177
(49) 3323-2122