CONTATO

  • (49) 3323-5177
  • (49) 3323-2122
  • (49) 3323-0516

Destaque

Fotografia destaque

21/04/2018

BRF vai reajustar produção e dar férias coletivas em 4 unidades. Empresa contesta decisão da UE de barrar 20 frigoríficos brasileiros.

Últimas
da
Chape

Comentário Ivan Carlos

Notícia postada em 09/04

VENCEU O TIME QUE TEVE ATITUDE

 

O Figueirense não tem mais time no comparativo com a Chapecoense. Mas no jogo de ontem jogou mais, quis mais, buscou o resultado, e mereceu a vitória e o titulo estadual da temporada.  O técnico da Chapecoense fez o que pode. Mudou as peças que deveria mudar, alterou o posicionamento na busca do prejuízo no placar mas, lamentavelmente os jogadores não deram a resposta que todos esperavam. Disse e escrevi antes mesmo da final: “A Chapecoense cumpriu com sua obrigação, chegou na final. No jogo decisivo o time não jogou o futebol que tem e por isso perdeu a oportunidade do Tri Campeonato”. Quem, qual jogou da Chapecoense no jogo de ontem? Ninguém, nenhum jogou o futebol que tem!

 

ATENÇÃO! A CHAPE PERDEU O PODER DE MARCAÇÃO!

 

Nos últimos quatro jogos a Chapecoense tomou dois gols por jogo. Fugiu de sua principal característica, a forte marcação. Gosto do trabalho do Kleina, admiro, acho ele um baita treinador. Penso ser necessário rever algumas situações para que o time volte a marcar, volte a ser aquele time que dificilmente tomava gols. É preocupante ver a Chape cair justamente na semana que antecede sua estréia no Brasileiro. Tem time, tem qualidade, já está provado. Mas é preciso jogar, mostrar, conquistar os resultados. No futebol é isso que vale!

 

PERDEU NA HORA ERRADA. OU NA HORA CERTA?

 

Muitas vezes, especialmente no futebol há o momento certo para perder. A Chape vinha sobrando, já estava classificada para a final, e não perdeu quando devia perder no Catarinão. Tivesse perdido aquele segundo confronto com o Figueira, o comportamento seria diferente desde o início do jogo de ontem.

Mas se a derrota não veio para beneficiar no Catarinense, pelo menos que sirva alertar, e para que se promovam os ajustes na busca dos objetivos futuros, especialmente a permanência no Campeonato Brasileiro.

Vamos continuar reconhecendo nosso tamanho. Respeitando os adversários na busca dos nossos objetivos. E atenção grupo de jogadores: ”Com essa pegada,  esta falta de disposição, cai para a Série B!”

 

LANCES:

 

*As lesões atrapalharam a Chape na reta final. A ausência do Bareiro no jogo de ontem tirou a segurança do setor defensivo.

*Que a derrota de ontem sirva pra que haja correção dos erros, e promova a retomada das ações na busca dos próximos objetivos. Vamos erguer a cabeça!

 

 

 

 

 

 

 

 

Conteúdo disponível sob Licença Creative Commons     |     Desenvolvido por Infoway Soluções em Informática