CONTATO

  • (49) 3323-5177
  • (49) 3323-2122
  • (49) 3323-0516

Destaque

Fotografia destaque

21/02/2018

Pinho Moreira anuncia a desativação a partir de 1º de março de 15 Agências Regionais e 4 Pastas Executivas.

Últimas
da
Chape

Carminatti inicia o ano em defesa do Magistério Estadual

Notícia postada em 05/02

Na retomada das atividades da Assembléia Legislativa, a deputada estadual Luciane Carminatti, trabalha a derrubada de veto do governo Colombo à lei de abono das faltas dos professores que participaram de assembleias, paralisações e greves da categoria entre 2012 e 2017.

A lei que alterou pontos no Plano de Carreira do Magistério Público Estadual foi aprovada em dezembro passado, mas ao sancioná-la o governo excluiu as emendas que abonavam as faltas dos professores – uma delas de autoria da deputada Luciane.

Com as faltas mantidas no sistema os profissionais não alcançam progressão salarial e outros benefícios.

A deputada enfatiza que os professores que houve a paralisação motivada pelo descumprimento de acordo do governo a época, o magistério repôs os dias paralisados, mas o governo não abonou a ficha funcional.

Para a Deputada a defesa é da justiça aos servidores do magistério.

De acordo com a parlamentar não há motivos para manter o veto, principalmente porque a lei foi construída em consenso com os deputados da base do governo.

Portanto os professores recuperaram os dias de ausência e receberam pelas horas trabalhadas, portanto, não teriam pendências com o Estado.

O que impede o governo de abonar as faltas é uma decisão política, e assim penaliza mais de 10 mil professores que foram às ruas pela valorização à carreira.

Conteúdo disponível sob Licença Creative Commons     |     Desenvolvido por Infoway Soluções em Informática