CONTATO

  • (49) 3323-5177
  • (49) 3323-2122
  • (49) 3323-0516

Destaque

Fotografia destaque

17/08/2017

PF deflagra, em Chapecó, operação de combate a fraudes em compras de passagens aéreas para órgãos públicos

Últimas
da
Chape

Vereadores pedem cassação de Cleidenara

Notícia postada em 11/08

Caso a denúncia seja aceita, a vereadora afastada terá direito a  defesa

Nesta sexta-feira (11), vereadores da oposição protocolam,  pedido de cassação do mandato da vereadora afastada Cleidenara Weirich, que foi diplomada no início deste ano, mas não assumiu o cargo por ser ré na operação Manobra de Osler, que apura desvios financeiros no sistema Público de Saúde de Chapecó. O documento é assinado pelos vereadores Cleiton Fossá, Cleber Ceccon, Derli Maier, Neuri Mantelli, Jatir Balbinot e Marcilei Vignatti. Caso o Plenário aceite o documento, a denuncia segue para Comissão de Ética e Decoro Parlamentar do Poder Legislativo de Chapecó.

Nesta manhã, o grupo de vereadores que protocola a denúncia, concedeu entrevista à imprensa para falar sobre o assunto. Apenas a vereadora Marcilei não compareceu por motivos de saúde. De acordo com o vereador Cleiton Fossá, a reivindicação é referente ao uso da Máquina Pública para obter favorecimento na campanha eleitoral de 2016.

A denúncia é embasada em documentos que compõem a investigação da Operação Manobra de Osler. Porém, não se relaciona ao escopo da investigação deflagrada pela Polícia Federal, segundo Fossá.

Procedimentos

A denúncia será apresentada em plenário e caso seja recebida, segue para a Comissão de Ética. Caso o plenário vote pela continuidade, Cleidenara  será notificada e terá  10 dias para apresentar defesa. Após a a apresentação da defesa, a Comissão opta por dar prosseguimento ou arquivar a denúncia. 

Entenda o cronograma da denúncia:

Conteúdo disponível sob Licença Creative Commons     |     Desenvolvido por Infoway Soluções em Informática