CONTATO

  • (49) 3323-5177
  • (49) 3323-2122
  • (49) 3323-0516

Destaque

Fotografia destaque

17/08/2017

PF deflagra, em Chapecó, operação de combate a fraudes em compras de passagens aéreas para órgãos públicos

Últimas
da
Chape

Dois anos do tornado em Xanxerê

Notícia postada em 20/04

Nesta quinta-feira, 20 de abril de 2016, completa dois anos da tragédia em Xanxerê. Um tornado foi registrado no município. Nossa equipe acompanhou as movimentações naquela tarde de segunda-feira. Pessoas choravam, outras eram atendidas pelas equipes da segurança pública. Casas, apartamentos, prédios inteiros, ginásios, postes de iluminação pública e veículos completamente destruídos.

Muitas pessoas dizendo que nasceram de novo e que nunca tinham visto nada igual. São histórias de alegria e tristeza que marcaram o tornado de Xanxerê. Ao todo quatro pessoas morreram, 600 ficaram desabrigadas, 5,3 mil pessoas desalojadas, 120 feridos e 3 mil locais foram danificados.

Relembre a tragédia

Uma cena de pós-guerra. Foi assim que encontramos Xanxerê na tarde desta segunda-feira (20). Um estrondo registrado por volta das 15h20 marcou o início da tempestade e começo da destruição no município. Ventos com velocidade superior a 84 quilômetros por hora se abateram sobre a cidade nesta tarde, provocando estragos cinematográficos. Um verdadeiro tornado atingiu especialmente os Bairros dos Esportes, Colatto, Tacca, São Jorge, Bortolon, Pinheiro e Vila União, destruindo tudo o que vinha pela frente.

O Ginásio Municipal Ivo Sguissardi também foi atingido e desabou devido aos fortes ventos.

Mais de 3 mil locais foram atingidas, postes, árvores, torres de energia elétrica. Tudo foi para o chão.

Quatro pessoas morreram e centenas de pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para o Hospital São Paulo e hospitais da região.

 

20150420_182141

20150420_182129

20150420_175241

Reportagem e fotos de Junior Spindula

 

 

Conteúdo disponível sob Licença Creative Commons     |     Desenvolvido por Infoway Soluções em Informática