Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Julgamento de estupro em Santa Catarina pauta debates pelo Brasil

Caso do Estupro Culposo segue polemizando pelo Brasil.

O Julgamento ocorrido nesta terça-feira em Florianópolis é um dos principais assuntos das redes sociais e pautou debates na sociedade.

Na Assembleia Legislativa Catarinense a bancada feminina aprovou nota de repúdio.

No dia de hoje, movimentos em defesa da vítima de violência sexual na Capital realizam atos pelo país em protesto a dinâmica do julgamento e a absolvição do réu e pelo fim da violência contra a mulher.

=================

No Senado da República foi aprovado voto de repúdio ao advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho, ao juiz Rudson Marcos, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, e ao promotor Thiago Carriço, por suas ações no julgamento que absolveu o empresário André de Camargo Aranha do crime de estupro contra a influenciadora digital Mariana Ferrer durante uma festa, em 2018, sob a tese de “estupro culposo”.

Já a procuradora da Mulher do Senado, senadora Rose de Freitas (Podemos-ES), pede a anulação da sentença que absolveu o empresário André de Camargo Aranha do crime de estupro contra a influenciadora digital Mariana Ferrer.

================

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) abriu ontem (3) um procedimento disciplinar para apurar a conduta do juiz Rudson Marcos, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina, no julgamento em que absolveu o empresário André de Camargo Aranha da acusação de estupro da influenciadora digital Mariana Ferrer.

o Ministério Público nega que tenha sido usado a tese de Estupro Culposo evidenciado na gravação do julgamento on line divulgado nas redes sociais e imprensa.

O Ministério Público também requereu nesta quarta-feira, o levantamento do sigilo do vídeo de instrução e julgamento.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3361-3110
(49) 3361-3120