Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Índice médio de ruptura no setor supermercadista no primeiro semestre de 2018, ou seja, quando há falta de produtos nos pontos de venda, foi de 10,38%.

Um levantamento da Neogrid/Nielsen com base na movimentação de 25 mil lojas do setor supermercadista em todo o país aponta que o índice médio de ruptura no primeiro semestre de 2018, ou seja, quando há falta de produtos nos pontos de venda, foi de 10,38%.

Nos seis primeiros meses deste ano os índices, que começaram com 10,29% em janeiro, variaram entre 9,64%, registrado em maio, e 10,88%, em junho. Em julho, voltou a cair para 10,22%.

A análise aponta que o leite longa vida, com 18,1%, encabeça a lista das cinco categorias que apresentaram os maiores índices de ruptura no primeiro semestre, seguido pelo frango in natura (12%), leite com sabor (11,9%), sorvetes (11,5%) e azeite (11,3%).

O grupo dos produtos que mais faltaram nas gôndolas ainda reúne o chocolate (11%), margarina (10,8%), pão e congelados (ambos com 10,6%) e feijão (10,1%).



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3361-3110
(49) 3361-3120