Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Haiti declara estado de emergência depois do assassinato do Presidente, Jovenel Moise

Haiti declara estado de emergência depois do assassinato do Presidente, Jovenel Moise, morto a tiros por agressores não identificados em sua residência particular.

O crime ocorreu na madrugada desta quarta-feira (07). A primeira dama, Martine Moise, também foi baleada e está sob cuidados médicos.

O governo considerou um “ato bárbaro”, e admite que o crime provoca temores de tumultos crescentes na nação caribenha empobrecida.

O assassinato, que foi repudiado pelos Estados Unidos e por países latino-americanos vizinhos, coincidiu com episódios de violência de gangues em Porto Príncipe nos últimos meses, fomentados por uma crise humanitária cada vez maior e um caos político. A desordem transforma muitos distritos da capital em terras sem lei.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3361-3110
(49) 3361-3120