Facebook
FoneFone: (49) 3361-3110

Governo federal distribui cestas básicas para aldeias indigenas catarinenses

Cerca de 50 comunidades indígenas dos estados de Santa Catarina e Paraná passaram a receber, nesta quinta-feira (28), cestas básicas doadas com recursos do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH).
A ação é parte do Plano de Contingência para Populações Vulneráveis, lançado pelo Governo Federal no contexto da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A iniciativa conta com o apoio da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), da Fundação Nacional do Índio (Funai), da Fundação Cultural Palmares (FCP) e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).
Até o final de junho de 2020, o ministério deverá destinar R$ 4,7 bilhões para que povos e comunidades tradicionais em situação de vulnerabilidade possam enfrentar os impactos do isolamento social.
Serão beneficiados indígenas nos municípios catarinenses de São Francisco do Sul, Palhoça, Canelinha, Major Gercino, Biguaçu, Araquari, Imaruí, Balneário Barra do Sul, Garuva, José Boiteux, Vitor Meirelles, Chapecó, Seara, Abelardo Luz, Ipuaçu, Entre Rios e Porto União.
A cesta básica contém arroz, feijão, farinha de trigo, açúcar, óleo, macarrão, fubá e leite em pó e cada família recebe duas unidades, totalizando 44 kg de alimentos. Serão entregues 13,5 mil cestas, o equivalente a mais de 297 toneladas de produtos.



NEWSLETTER

Assine a nossa newsletter para receber as novidades da nossa Super Condá!


Fale conosco

Entre em contato conosco, envie suas sugestões.

(49) 3323-5177
(49) 3323-2122